Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




segunda-feira, 15 de julho de 2013

Rir (by Fabi)

Sabe aqueles dias em que vc só quer sentar em algum lugar, bater um bom papo, estar em boa companhia, rir, rir, rir até perder o fôlego? Despretenciosamente vc quer se divertir, rir de nada, rir de tudo, com um único compromisso: não ter compromisso com nada! Bom, deve ser por isso e para isso que existem as férias. E ontem comecei a aproveitá-las em grande estilo. Em meio a gente amiga, bem humorada, bem resolvida e fazendo uma das coisas que mais me dão prazer na vida: ir ao cinema.O curioso, é que não fui assistir a nenhum filme top de linha, de nenhum diretor, como diz um amigo, "8º dam, faixa vermelha", não era nada de especial, mas que se tornou especial, pq eu quis que assim o fosse. Fui assistir à comédia do momento: "Minha mãe é uma peça" ,que acompanha o dia a dia de uma mãe e seus filhos, com o comediante badalado da vez, o ator Paulo Renato, que nem me agrada tanto assim,acho meio forçado. Mas como ontem era um dia incomum, até o q não me agradava me agradou. Gargalhei muito, me vi em várias cenas do filme, como a mãe neurótica e exagerada,o besteirol-nosso-de-cada-dia, enfim, saí do cinema leve! Faz bem sair da rotina, faz bem ser comum de vez em quando, faz bem se sentir feliz.
E assim como diz a Bíblia, que "nem só de pão vive o homem", digo que nem só de cult vive o cinéfilo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário