Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Prostituição II (by Fabi)

Acho curioso e já escrevi em outra postagem , o quanto a nossa geração é hipócrita. O quanto queremos ser "contemporâneos", ostentando uma modernidade que não existe. Alguém comentou em meu último post que não importa o meio com o qual se ganha a vida, desde que seja honesto.
Por favor, queridos leitores, alguém pode me esclarecer, pq devo, realmente, ser primitiva demais, desde quando a prostituição é um meio honesto de se ganhar a vida???
À quem possa interessar, em uma pesquisa recente com prostitutas, averiguou-se que 90% fazem uso de drogas pesadas, como cocaína e crack. Outras andam armadas e/ou amparadas por seus cafetões, que além de exploradores, são violentos fazendo uso de armas de fogo.
Não podemos esquecer também do câncer que assola a nossa sociedade tão moderna, que considera "honesto" o ofício citado, da prostituição infantil. Meninas com idade entre 8 e 15 anos que vendem seus corpos nas estradas e estão expostas a todo e qualquer tipo de indivíduos, que "honestamente", é claro, usam e abusam de sua inocência, que há muito já foi perdida.
Acho que a prostituição é um mal, não acho que tenha cura imediata, nem se um dia terá, só acho o cúmulo da fantasia e da hipocrisia, acharmos que é um meio "honesto" de se ganhar a vida. Seria isso, já a repercussão do filme em cartaz, que traduz a mais-antiga-das-profissões, como um conto de fadas moderno? Não sei. Mas já que andam considerando tão honesto, ganhar a vida se prostituindo, que tal pendurarmos nas portas das casas:

Nossas mães:

Coroa gostosa, fazendo oral que é uma delícia. 35,00 a hora. Só não faço anal. Experiência é tudo! Venha conferir!

Nossas filhas:

Loirinha gata, filé, corpinho violão, boquinha de veludo, vc vai ao céu! Completo 50,00. Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta!!

E até a vovó, se tiver um pouquinho de vocação:

Terceira idade, mas com tudo em cima! Melhor boquete da cidade! Principalmente quando tiro a dentadura!! Prazer garantido!!! Venha desfrutar da melhor idade! Preço à combinar...

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Prostituição (by Fabi)

Preconceitos à parte, pq querem "glamourizar" a mais-antiga-das-profissões com o lançamento do filme sobre a vida da ex prostituta Bruna Surfistinha??
O Doce Veneno do Escorpião, mesmo nome do livro lançado há alguns anos por Raquel Pacheco (Bruna Surfistinha), que diga-se de passagem é ruim de doer (li em uma tarde, matando o tempo no trabalho, há um tempo atrás), estréia hoje, 25/02, nos cinemas de todo o Brasil e já especula-se que seja um sucesso de bilheterias. Mas.....Quem é a moça para que mereça tamanho destaque? Foi alguém importante? Teve algum destaque na sociedade, além de trabalhar duramente, noites à fio, atendendo a seus clientes? Segundo informações que recolhi na rede, após descobrir que era filha adotiva, (sem nunca ter passado por privações, sempre estudou nos melhores colégios), fugiu de casa aos 17 anos e passou a prostituir-se e a usar drogas. Fez um blog, para melhor agenciar-se e começou sua trajetória até chegar hoje ao status de celebridade, com sua vida sendo retratada na telona. Quanto prestígio, heim menina!!???
É, amigos...... O mundo está mudando... Ou sou eu quem não estou acompanhando toda a evolução e modernidade a que estamos sendo acometidos. Muito embora a idéia que tentam vender às nossas meninas de que a prostituição, além de rentável, pode ser glamourosa, não há nenhuma beleza na prostituição. Bruna Surfistinha popularizou-se às custas de uma vida, que de bonita, não tem nada. O glamour é só no filme Uma linda mulher...Onde uma prostituta, num golpe de sorte conhece um milionário que se apaixona e a liberta dessa vida.
Não existem muitas Julias Robert's e Richard's Gere's por aí...



"Transas enlouquecidas, surubas, muitos homens (e mulheres) diferentes por dia, noites quase sem fim. O que pode ser excitante para muitas garotas como eu, na efervescência dos vinte anos, para mim é rotina. É meu dia-a-dia de labuta"

(Trecho do livro O Doce Veneno do Escorpião)


Instrutivo ao extremo.....

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Nossos Terroristas (by Gian)

Nesse final de semana fui dar uma olhada mais detalhada nos documentos vazados da embaixada estadunidense, aqueles publicados pelo site WikiLeaks e traduzido por inúmeros sites nacionais, especialmente nas coisas que se referem ao Brasil. E constatei a importância que foi a derrota do candidato José Serra para o comando do nosso país, já que se trata de um dos conservadores mais puxa-sacos que temos na atual política em relação aos EUA, e que com certeza baixaria as guardas e deixaria os Ianques mandarem e desmandarem nas decisões internas brasileiras.

Depois que Bin Laden derrubou as torres gêmeas, os EUA tentam impor ao mundo uma política legislativa de intenso combate ao terrorismo, como se todos os países tivessem que se preocupar como eles se preocupam, ou como se todos nós saíssemos por aí bombardeando países em busca do petróleo alheio.

Os documentos vazados pelo WikiLeaks mostram os EUA interessados na aprovação de um projeto de leis para enquadrar qualquer tipo de manifestação social em terrorismo.
O texto dessa legislação, baseado nos moldes de um projeto norte-americano, tem como objetivo principal à tipificação do crime de terrorismo no Brasil, e de como o nosso país deve proceder para enfrentar esse tipo de delito.

O engraçado nessa história toda é que o projeto de lei foi criado, entre outros órgãos, pelo Creden (Câmara das Relações Exteriores e Defesa Nacional), cujo presidente é o conservador General Jorge Armando Félix, que conseguiu elaborar o seguinte absurdo normativo:

Artigo 1º - “Os crimes previstos nesse título serão punidos quando cometidos com a finalidade de infundir estado de pânico ou insegurança na sociedade, para intimidar o Estado, organização estadual ou pessoa jurídica, nacional ou estrangeira, ou coagi-los à ação ou omissão”.

Desculpem o palavrão, mas Puta merda!!!
Se uma coisa dessas fosse aprovada, qualquer grevezinha de reajuste salarial poderá ser enquadrada em ato terrorista. Movimentos estudantis na busca por melhorias em transportes, atos do MST pelo direito constitucional da Reforma agrária, humoristas do CQC entrando em prefeituras para informar irregularidades e et cetera, tudo isso é terrorismo de acordo com o projeto.
Graças a Deus, o projeto declinou.

Agora se sabe que os embaixadores estadunidenses ficaram bem chateados com isso. De acordo com documentos publicados por Julian Assange no site Wikeleaks, houve insinuações no governo dos EUA de que a então chefe da casa civil Dilma Rousseff foi a principal responsável pela articulação que derrubou o projeto de lei antiterrorista.

Agora com Dilma na presidência ficará mais difícil essa tentativa de acabar com movimentos sócias. Mas vão continuar tentando, isso é fato.
E que a Wikeleaks continue postando mais e mais coisas, esse tipo de fofoca me interessa!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

O Ridículo (by Cristiane)

Seria engraçado se não fosse ridículo esse filhinho da ditadura Jabor; quanta baboseira fala, como vomita ofensas a tudo que não vem de sua elite racista e sexista.
Jaborzinho não consegue mais esconder a raiva que sente da ascensão das nossas classes C e D nos últimos oito anos. Ele vai para Tv Globo, e como se fosse o Deus das palavras do império midiático, espuma rancores e ordens, de como as coisas devem ser feitas, e que a verdade está nisso ou naquilo.
Não consegue se conter e sai em defesa dos grandes elitistas empresários, que se vêem ameaçados pela invasão de seus “habitats naturais” por gente até então pobre, feia, pouco instruída, mal vestida e nordestina. Seus zeladores e faxineiros estão comprando carro, o filho do lixeiro estudando na mesma universidade de seu filho. Não, não pode! Isso irrita Jaborzinho profundamente, essa cria mimada da Ditadura militar.
Ele quer ter o espaço só pra ele, senão vai pra Globo e bate as perninhas de raiva!

Seria cômico se não fosse ridículo....ahhh Jaborzinho, se comporte com um bom porta-voz dos derrotados, ou entãocontinue cineasta, que é sua verdadeira vocação.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

As Peripécias Do Sr. Julian (by Gian)

Começou essa semana o julgamento de extradição do ciberativista Julian Assange para Suécia, já que no momento segue detido em prisão domiciliar em Londres. Mas isso não fez Julian andar quietinho, ele continua a causar estardalhaços pelo mundo divulgando documentos secretos sobre a invasão e covardia dos EUA no Iraque e Afeganistão, e ainda sobre bafafás internos da diplomacia estadunidense.
Porém, como todos sabem, o processo de extradição está baseado em crime sexual, já que o galãzinho citado fez sexo sem camisinha na Suécia, e lá, transar sem proteção é xilindró.

Não precisa ser nenhum intelectual em Relações Internacionais pra sacar que o processo de crime sexual é só um chamariz para por as mãos em Assange, e daí tentar extraditá-lo de vez para os EUA, onde provavelmente será morto “acidentalmente” ou esquecido em Guantánamo junto com os presos Cubanos e Iraquianos.

O que me faz ser fã de Julian é a sua coragem. Mesmo preso e ameaçado ele continua revelando segredos políticos devastadores. Seu site, o “Wikileaks” deu uma boa contribuição para a derrubada da ditadura na Tunísia, que já durava mais de 24 anos; e também fez o mundo olhar a diplomacia americana com outros olhos. A desconfiança paira ao redor do mundo como nunca antes.

Por essas e outras que o Site de Assange foi indicado para o Prêmio Nobel da paz de 2011 com o seguinte argumento: “O direito de publicar esse tipo de informação deveria ser protegido, independente do que pensamos sobre parte (ou a totalidade) do material publicado".

No ano passado o vencedor do Nobel foi o chinês Liu Xiabao, pela luta em defesa da democracia e da liberdade de expressão. Igualmente o “WikiLeaks” contribuiu para a luta por esses valores muito globais, expondo (entre outras coisas) corrupção, crimes de guerra e tortura.

Liberdade e Nobel da Paz para Julian Assange!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Diferenças (by Gian)

Acho extraordinário o poder da amizade. Pessoas que até então eram totalmente estranhas aos poucos vão se aproximando e se tornam verdadeiros irmãos. Passei este final de semana na companhia de um desses irmãos que a vida às vezes nos presenteia. Três dias sensacionais de boa conversa, praia e é claro, muita cerveja gelada.
Não é de uma hora para outra que conseguimos grandes amigos, é um caminho longo e às vezes complicado. Diferenças existem, vão sempre existir, e é nessa hora que superamos momentâneas minúcias incômodas e através do diálogo, seja ele caloroso ou não, nos damos conta de termos ali um amigo.

Graças a Deus tenho muitos amigos fieis, disso não posso reclamar, supero a média. E acho que o segredo é tentar ver os defeitos alheios como passageiros, tentar amenizar nossas diferenças e ceder no valor exato ao que aquela amizade representa pra nós. Claro que nem sempre consigo esse feito, já me decepcionei bastante como quase todo mundo, mas caso eu não consiga manter uma amizade, pelo menos não ganho um inimigo. Isso também é muito importante.

Hoje falo de diferenças e amizades não só pelo fim de semana perfeito que tive, mas também pelo fato de uma grande amiga vir me acordar de manhã cedinho e desabafar em lágrimas, dores e decepções.
A franqueza nas palavras é sinal de amizade. Cada um podia dizer o que pensava sem ofender o outro. De ambos os lados não havia nada que fosse pessoal demais ou vergonhoso demais para ser dito. Nada que fosse por demais grosseiro ou imoral.
Ás vezes eu sentia que ela estava me poupando de alguma opinião mais radical sobre alguns amigos em comum, talvez por eu não estar, nesse momento, preparado para saber. Às vezes também costumo poupá-la. Mas me dava um grande alívio ser tão claro e direto com ela como eu seria comigo mesmo a respeito de deficiências ou fraquezas.

Uma vida não analisada por um grande amigo, não vale a pela ser vivida, e essa prova eu tive de sobra hoje e nesses dias que se passaram.