Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

As Peripécias Do Sr. Julian (by Gian)

Começou essa semana o julgamento de extradição do ciberativista Julian Assange para Suécia, já que no momento segue detido em prisão domiciliar em Londres. Mas isso não fez Julian andar quietinho, ele continua a causar estardalhaços pelo mundo divulgando documentos secretos sobre a invasão e covardia dos EUA no Iraque e Afeganistão, e ainda sobre bafafás internos da diplomacia estadunidense.
Porém, como todos sabem, o processo de extradição está baseado em crime sexual, já que o galãzinho citado fez sexo sem camisinha na Suécia, e lá, transar sem proteção é xilindró.

Não precisa ser nenhum intelectual em Relações Internacionais pra sacar que o processo de crime sexual é só um chamariz para por as mãos em Assange, e daí tentar extraditá-lo de vez para os EUA, onde provavelmente será morto “acidentalmente” ou esquecido em Guantánamo junto com os presos Cubanos e Iraquianos.

O que me faz ser fã de Julian é a sua coragem. Mesmo preso e ameaçado ele continua revelando segredos políticos devastadores. Seu site, o “Wikileaks” deu uma boa contribuição para a derrubada da ditadura na Tunísia, que já durava mais de 24 anos; e também fez o mundo olhar a diplomacia americana com outros olhos. A desconfiança paira ao redor do mundo como nunca antes.

Por essas e outras que o Site de Assange foi indicado para o Prêmio Nobel da paz de 2011 com o seguinte argumento: “O direito de publicar esse tipo de informação deveria ser protegido, independente do que pensamos sobre parte (ou a totalidade) do material publicado".

No ano passado o vencedor do Nobel foi o chinês Liu Xiabao, pela luta em defesa da democracia e da liberdade de expressão. Igualmente o “WikiLeaks” contribuiu para a luta por esses valores muito globais, expondo (entre outras coisas) corrupção, crimes de guerra e tortura.

Liberdade e Nobel da Paz para Julian Assange!

Nenhum comentário:

Postar um comentário