Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




terça-feira, 6 de janeiro de 2015

trinta e poucos anos ou mais (by Gian)



Aniversariar no sétimo dia do ano é uma coisa estranha, o reflexo das festas de natal e reveillon ainda está pululando no sangue da gente, as pessoas ainda estão em ritmos de feriado prolongado e o mundo parece que não acordou para dar alguma importância para a sua data comemorativa. Porém o mais estranho é entrar na quarta década de vida se sentido ainda na segunda. O corpo vai envelhecendo, vai mostrando sinais de mudanças ao impor certos limites, mas a mente insiste em rejuvenescer, o tesão pela vida parece maior, a vontade de saber parece que cresceu como aquela que crianças recém apresentadas ao mundo tem na fase dos porquês. Uma estranha paz parece querer espaço em locais do meu corpo onde até então a morada da agitação era bem vista pela vizinhança, e o mais extraordinário nisso é que a mente consegue ajustar essas transformações de forma a sobrar espaço, tempo e vontade para outras coisas que eram mais importantes em outras épocas e que agora podem ser usufruídas de forma mais prazerosa quando desejadas. Ser jovem é saber envelhecer, acho que essa frase do menestrel do Brasil só é entendida à medida que passamos a ter mais controle sobre o nosso corpo do que vice e versa. Recomeçar é sempre importante quando temos o conhecimento e a sabedoria de saber o que deve ser deixado pra trás e o que deve seguir conosco, mesmo que o excesso de peso possa causar algum incomodo durante a nova viagem. Temos sempre que avaliar bem o peso da balança antes de decidir pelo descarte. Sigamos pela estrada, com um olho no horizonte e outro no retrovisor, curtindo as paisagens e aprendendo com acidentes. E se a tempestade tentar atrapalhar o percurso, nada melhor que se jogar na chuva e se molhar com as surpresas que nos é apresentada. Estressar-me nessa idade que entro? Dispenso. Cabelos brancos só pela a idade. Que 2015 traga bons 40 anos de paz, e que outros 40 possam vir com  saúde e sabedoria.  É o que me desejo no dia de hoje. Sete do um de dois mil e quinze. 
Eu tenho um coração de mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário