Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




quinta-feira, 28 de julho de 2011

Amor combina com ódio? (by Gian)

Estamos em um mundo rodeado por câmeras: nas ruas, lojas ou shoppings o que fazemos pode estar sendo observado, até quem mora em locais cuja janela se abre para a amplidão de uma cidade pode estar tendo sua privacidade invadida.

É com esse pontapé que se inicia o difícil e original filme “Marcas de Vida (Red Road)”, filme que faz parte de uma parceria chamada Advance Party, projeto das produtoras Sigma e Zentropa, uma turma que só pensa em inovar as tendências cinemaotgráficas europeias, com alguns nomes como Lone Scherfig, Anders Thomas Jensen e Lars Von Trier.

O filme demora a ser entendido: uma policial tem a tarefa de vigiar um bairro através de câmeras espalhadas nos postes das ruas, de repente nota a presença de alguém que parece ser conhecido e passa a vigiá-lo desesperadamente. Não da pra contar mais nada, pois perderá a graça de um roteiro maduro, com direito a passagens fortes, sexo explícito e muita originalidade. Aparecem muitos cães, e cada um deles tem um significado em relação aos sentimentos da personagem principal, uma coisa linda! E deixa uma pergunta ao seu término: Amor e ódio podem andar juntos num mesmo relacionamento?

Ganhou o premio do Júri em Cannes além de mais onze ao redor do mundo.

Eu indico!

Quer baixar?

Red Road

Legenda

Nenhum comentário:

Postar um comentário