Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Obsessão Pela Fama (By Gian)



Qual o limite entre a paixão do fã pelo seu ídolo e o fanatismo doentio?

Em “The Bling Ring - A Gangue de Hollywood” Sofia Coppola dirige a história real de uma turma de amigos que invade as casas dos famosos para furtar seus pertences pessoais. E é através da Internet e das redes sociais que eles descobrem o endereço das celebridades e os momentos em que elas não estão em casa. São pessoas ricas que querem usar as roupas, os sapatos e as jóias dos seus ídolos, gastar seu dinheiro e dirigir seus carros, não por que precisam, mas pela falsa sensação de serem aquela pessoa, de ter no corpo o que já passou pelo corpo famoso, de sentir que pertencem a esse estilo de vida tão sobrevalorizado pela mídia e pela sociedade em geral. E o mais interessante é que Sofia Coppola não abandona seu estilo de filmagem, sua fotografia com cores exageradas e sua firme convicção de não tomar partido dos acontecimentos, seu objetivo é simples: mostrar o que aconteceu, sem vítimas nem agressor, herói ou vilão. E o filme tem em si essa característica de não julgar, de mostrar a falta de uma cultura generalizada que se foca nos atos, nas atitudes imbecis de personagens sem nenhuma noção de privacidade e de ilicitude, e que se apóiam nas suas próprias ignorâncias para tentar justificar suas atitudes com a finalidade de obtenção de notoriedade e de amigos de facebook.

Baixar

Nenhum comentário:

Postar um comentário