Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




terça-feira, 27 de julho de 2010

Uma vez Flamengo? (by Gian)

É triste ter um time desse representando o nosso estado do Rio de Janeiro. Hoje os jornais de todo pais só falam do Flamengo, só que em páginas policiais. Dessa vez Denis Marques, visivelmente embriagado, entrou com seu carro dentro de uma residência familiar, negou-se ao teste de bafômetro, e ainda fez grosseria a um morador que poderia estar morto debaixo do carro.
O que será que se passa dentro do clube de regatas na Gávea?
Será falta de orientação psicológica para seus atletas? Será influência de alguém de dentro, alguém que aconselha errado, ou talvez transmita uma falsa idéia de impunidade aos membros do clube?
O caso Bruno é tão surreal, que se não houvesse acontecido, e algum cineasta escrevesse um roteiro similar, o filme não teria sucesso pelas seqüências de burrice e despreparo dos personagens principais. O filme não engrenaria nem se colocassem O. J Simpson no papel do goleiro.
Lembram do envolvimento de Wagner Love com a facção criminosa? E de Adriano posando com armamentos de uso exclusivo do exército e fazendo CV com dedo, clara indicação da sigla do Comando Vermelho. Por que só com o Flamengo?
Ronaldo Fenômeno, quase não arruma encrenca, e quando sai na porrada com travestis num hotel de luxo no Rio de Janeiro e vão todos fazer B.O. na delegacia, em qual time ele estava atuando? Preciso responder?
Acho que se pegassem todos os problemas de todos os jogadores do Brasil, da primeira à terceira divisão, todos juntos não dariam a quantidade de inquéritos que apenas o Clube de regatas do Flamengo arruma. Será influência de quem? Torcida? Dirigentes? Exu Caveira?
Era uma vez flamengo...sempre flamengo...

PS. E Zico ainda tenta explicar por que Emerson escolheu o Fluminense ao invés de ir pra Gávea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário