Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A melhor comédia do mundo agora completa o paraíso (by Gian)

Morreu ontem o ator Tony Curtis, aos 85 anos. Nisso se reencontra lá no céu o elenco principal da comédia que, ao meu ver, é a mais engraçada de todos os tempos. Falo de “Quanto Mais Quente Melhor” de 1959, dirigido pelo fantástico Billy Wider, com Jack Lemmon e Marilyn Monroe. Tony Curtis faz o papel de Joe, um músico que testemunha uma chacina junto com seu parceiro Jerry (Jack Lemmon), e fogem vestidos de mulher para não serem mortos. Joe acaba se apaixonando por Sugar Kane (Marilyn Monroe). A película tem cenas hilárias, com destaque para aquela do trem, onde apenas há mulheres e entram os dois travestidos e muito piranhudos. O roteiro já foi imitado por diversas vezes, mas não conseguiram chegar se quer aos pés do original. Agora, os três protagonistas e o diretor estão juntos novamente.

Morreu também o Diretor Arthur Penn, aos 88 anos. Ficou famoso pelo longa “Bonnie & Clyde – Uma rajada de balas” de 1967, onde reinventou a forma de filmar a violência, com o uso de câmera lenta, muito usado depois pelos mestres Sam Peckinpah e Quentin Tarantino.
O mundo hollywoodiano está hoje de luto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário