Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O Homem do Ano (by Gian)


Finalmente a justiça londrina concedeu liberdade condicional para Julian Assange, o fundador do site WikiLeaks, que jogou muita merda no ventilador ao publicar documentos diplomáticos confidenciais do Departamento de Estado dos Estados Unidos. O fato que é Julian não está sendo processado pelas publicações que seu site fez, mas por um crime sexual que cometeu lá na Suécia, que foi transar sem camisinha. Fica claro o poder estadunidense no caso, pois ninguém na história do país causou tanto constrangimento diplomático como Julian fez.

São muitas as nações que entraram na dança da fofoca diplomática, entre elas Espanha, Alemanha, Brasil, Rússia, Israel e china, e muito pouco do vazado mostra espírito critico ou alguma análise mais aprofundada, tudo parece matéria tirada de uma recente cena política da Rede Globo: frases feitas, preconceitos, cartas marcadas.


Vimos coisas que já sabíamos que ocorria atrás das paredes sujas norte-americanas, como a pressão do governo dos EUA em cima da Alemanha e da Espanha para encobrirem torturas praticadas pela CIA na era Bush.

E vimos surpresas também, como a idéia de fazer doações a Ku-klux-Klan, e que o Itamaraty é suspeito de atividades “antiamericanas”. Tudo bem interessante. Preocupa saber que os EUA veem o mundo como um inimigo, contudo o que mais me tira o sono é saber que é um bando de imbecis e lunáticos que estão à frente de um complexo militar capaz que destruir o nosso planeta.

Liberdade e segurança para Julian Assange!

Nenhum comentário:

Postar um comentário