Sejam Bem-vindos

Ideia, cinema, literatura, opinião, crítica, política, Direito, dia-a-dia - Um espaço para escrever, relaxar e soltar o verbo.
A preocupação é deixada de fora.


Sinta-se em casa!




terça-feira, 17 de agosto de 2010

Amigos (By Cris Brandão)



Não sei explicar direito a razão. Mas hoje acordei pensando sobre amizade. Não o que os amigos representam, na verdade; mas a função que cada tipo, (e acreditem que há uma gama deles), existente exerce em nossas vidas. O quanto somos influenciados, e, até com uma pitada de maldade, eu poderia dizer manipulados por eles.
Sempre lemos, INFELIZMENTE, aquele monte de e-mails “carinhosos” que recebemos de nossos “amigos”, correntes ressaltando o significado da amizade e blá, blá, blá... Pura punheta, (que os mais cultos e menos liberais me desculpem pelo termo chulo). E até, dependendo do dia, nos comovemos com as mensagens combinadas às mensagens desses PPS’s, de acordo com a fragilidade do momento em que os lemos.
Agora, pergunto a vocês, “MEUS AMIGOS”, quem pode afirmar que tem um verdadeiro amigo? Obviamente, pelo menos na maioria dos casos, parentes imediatos não contam. Garanto a vocês que meus pais e meu irmão são meus AMIGOS. Amigos verdadeiros que torcem, sofrem, ajudam, desejam, preocupam-se, e, detalhe: morreriam por mim. Acho que esse é o tipo mais raro e poderemos considerá-lo em nossa lista, como “AMIGO TIPO 01”. Ou até nem mesmo considerá-los como amigos, já que não há termo de comparação a eles. Deixo isso a critério de vocês, AMIGOS leitores.
Bem, existem, entretanto, logo após a este grupo, que dificilmente você incluirá mais algum nome durante toda a sua existência terrena, outras pessoas que também se tornam importantes demais, que acredito fazerem parte do grupo “AMIGOS TIPO 02”. E estes são na verdade o cônjuge, (claro que em casos raros!! rsrsrs), os amigos de infância que conseguiram atravessar conosco aquela fase de descobrimento de nossas vidas e ainda estão presentes de alguma forma, e alguns parentes mais próximos a quem cultivamos bem querer e simpatia, mas nunca morreríamos por eles, em hipótese alguma.
Agora é que a coisa começa a ficar complicada e o texto vai chegando ao fim. Temos o grupo “AMIGOS TIPO 03”, que são os outros. Uns por simpatia apenas, outros por interesse, vaidade, inveja e por aí vai; a lista é interminável. Lembro-me sempre de uma música do Leoni, artista que muito admiro, (infelizmente não o conheço pessoalmente pra poder dizer que é meu AMIGO), muito bacana chamada “Carro e grana”. Quem não a conhece é fácil, fácil de achar. Ela homenageia esse grupo de amigos, “AMIGOS TIPO 03”. Amigos tipo “DA ONÇA”, ou fazendo um trocadilho mais sarcástico e maldoso, “AMIGOS TIPO ZERO”, que é um dos tipos mais comuns e todos nós costumamos colecioná-los aos montes pelas esquinas da vida.
Bem amigos! Como diria nosso AMIGO Galvão Bueno em suas transmissões futebolísticas, é mais ou menos por aí. Poderíamos listar mais alguns TIPOS DE AMIGOS, mas acredito que quase todos estarão distribuídos nessa ordem que citei.
Para finalizar, então, deixo um provérbio para vocês pensarem, AMIGOS: “Em terra de cego, quem tem um AMIGO é rei”...
“Live Free Die Well”

Nenhum comentário:

Postar um comentário